sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Grupo de empresários esclarece dúvidas sobre conceito Triple Helix na Valetec

Dr. Henry Etzkowitz, um dos principais pesquisadores do assunto, ressaltou a importância da mediação entre empresas, universidades e poder público para desenvolvimento da inovação.

Estimular o relacionamento entre as universidades, as empresas e o poder público, gerando assim, inovações tecnológicas, foi o tema do bate-papo realizado para associados da Valetec (Associação de Desenvolvimento Tecnológico do Vale) com o Dr. Henry Etzkowitz, importante pesquisador na área de transferência de tecnologia da Universidade de Standford (EUA). O encontro foi marcado pela troca de informações. “Os empresários demonstraram muita maturidade em relação ao tema e grande interesse na busca por novos conceitos de gestão e de desenvolvimento da inovação”, destaca o Presidente do Conselho Superior da Valetec, Olivério Maria Ferreira.

Na ocasião, Etzkowitz explicou mais sobre o modelo americano de transferência de tecnologia para o desenvolvimento de inovação, através do conceito Triple Helix, e ilustrou com exemplos da universidade americana, onde atua como professor. Ressaltou também a importância da existência de uma mediação entre o ambiente acadêmico, onde se pesquisa inovação, e as empresas, onde se busca desenvolver os produtos ou serviços inovadores. Provocado por uma pergunta da plateia, o pesquisador enfatizou a necessidade de uma mediação entre estes dois perfis, que apresentam tempos diferentes para concretização de um projeto. “Uma saída é a criação de centros de tecnologia que unam estas duas pontas, ou seja, equilibrando estes tempos diferentes, com pesquisadores contratados não apenas para pesquisas acadêmicas, mas empresariais”, exemplificou.

Etzkowitz acrescentou que, nos Estados Unidos, em geral estes centros são financiados pelos governos, mas há casos de financiamento por empresas e até mesmo centros não tão formais, similares a um clube, no qual os participantes investem para desenvolver determinado projeto. “São formas de se chegar a um resultado que contemple as duas pontas.”

Sobre o mercado brasileiro, o pesquisador avaliou como bem sucedida a experiência com pequenas empresas e incubadoras. “Me parece que o Brasil entendeu melhor este modelo, que necessita de cooperação entre as empresas para que todas cresçam juntas. Nos Estados Unidos, a competitividade acirrada muitas vezes impede que esta cooperação aconteça”.

O encontro, com o tema As oportunidades entre a relação de empresas e universidades, teve como foco a ampliação da competividade e a busca por melhores resultados econômicos para as empresas. Ocorreu na segunda-feira (10/10), no Auditório do Núcleo de Extensão Universitária da Universidade Feevale, em Campo Bom/RS. O evento foi uma realização da Valetec e do Grupo Quatro Colônias e contou com apoio das empresas BMP Proar, CB Embalagens, Construtora Modelo, Prisma Montelur, Softer Brasil, Transvilmar e Wirklich.

Informações sobre o conceito de Triple Helix podem ser acessadas no site www.stanford.edu. Mais informações sobre a Valetec podem ser obtidas pelo telefone (51) 3597.5805 ou no site www.valetec.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário