quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Espaço da Arte apresenta dois espetáculos no projeto Casa Viva, da CCMQ

Peças “40 Segundos” e “Trocando as Patas” terão sessões no sábado, dia 24 de setembro, na Casa de Cultura Mario Quintana. 

O Espaço da Arte vai apresentar os espetáculos “40 segundos” e “Trocando as Patas” no projeto Casa Viva, que vai comemorar os 26 anos da Casa de Cultura Mário Quintana (CCMQ), de Porto Alegre. As sessões estão marcadas para dia 24 de setembro, às 18h e às 21h, no Teatro Carlos Carvalho (2º andar), e têm entrada gratuita.  A organização, com sede em Bom Princípio, atua há 12 anos com oficinas de teatro em todo o estado, e será representada pelos grupos O Espanto XI, de Estrela, e Quebrando Gelo, de Tupandi. O projeto Casa Viva quer aproximar o público da CCMQ e terá uma extensa programação cultural gratuita de 36 horas ininterruptas de atividades em todos os espaços.

O espetáculo “40 segundos” sobe ao palco do Teatro Carlos Carvalho às 18h do dia 24. A plateia terá a oportunidade de ver em cena 20 adolescentes, com até 18 anos, vindos da cidade de Estrela (RS), que irão proporcionar uma reflexão sobre bullying e suicídio. “Estamos engajados na campanha do Setembro Amarelo. Queremos que a nossa arte provoque o sentimento de que todos estão interligados e que uma atitude pode trazer consequências irreversíveis na vida de uma pessoa. O nome da peça é em alusão à estatística de que, a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio no mundo ”, explica o diretor, Fernando Tepasse. De forma realista, a obra mostra vários tipos de agressões e foca no bullying virtual, que acontece quando um vídeo é publicado na internet e acaba com a alegria e a paz de uma garota, além de destruir seus sonhos.

Além dessa apresentação, o grupo de Estrela tem outras três sessões marcadas para o mês de setembro. Hoje (21), às 20 horas, será no Teatro do SESC de Lajeado, dentro do projeto Portal Cultura. A entrada é a doação de 1 kg de alimento não perecível. No dia 28, haverá duas sessões da peça “40 segundos” em Bom Princípio, às 9h e 14h, no Centro de Cultura, para estudantes de Ensino Fundamental e Médio, em parceria com a Secretaria de Educação da cidade. O grupo O Espanto XI reúne-se uma vez por semana na Casa de Cultura de Estrela, sob coordenação do professor Fernando Tepasse. Essa unidade existe há 11 anos, graças a uma parceria entre o Espaço da Arte, o Núcleo Cultural de Estrela e a Secultur (Secretaria de Cultura e Turismo).

TROCANDO AS PATAS - A peça “Trocando as Patas”, do grupo Quebrando Gelo, será atração às 21h do dia 24, também no Teatro Carlos Carvalho (2º andar). Com a direção de Bianca Flôres, o espetáculo é encenado pelo grupo que está há mais tempo em atividade dentro do Espaço da Arte: 12 anos. Ele é composto por adultos, que se reúnem aos sábados, no Centro de Eventos de Tupandi, numa parceria com a Prefeitura Municipal. “Trocando as patas” faz uma releitura da obra “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. Nela, o autor se utiliza de uma fábula para denunciar os regimes totalitários, independentemente de suas vertentes ideológicas. Escrita em 1945, a história tem como cenário uma fazenda, onde os animais organizam uma revolução para acabar com a opressão que o proprietário exercia sobre eles.

O trecho “Nada mais parecido com um conservador do que um liberal no poder”, muito recorrente na política brasileira durante o Segundo Reinado, traduz o caminho pelo qual a história se desenvolve. Os porcos, lideranças do movimento de oposição, vão mostrando através de suas ações serem bastante parecidos com o antigo opressor. Com um cenário composto por caixas de feira e pallets de madeira, nove atores dão vida a diferentes personagens, através da utilização de máscaras.

É um imenso orgulho para nós, Espaço da Arte, podermos fazer parte da comemoração dos 26 anos da Casa de Cultura Mario Quintana. A oportunidade de grupos amadores, mas com qualidade comprovada, possam apresentar seus trabalhos é digna de aplausos. Estamos muito felizes em levar nossos alunos/artistas a um dos espaços mais nobres da capital gaúcha. A CCMQ é o símbolo de que é possível promover a arte e valorizar a cultura da nossa gente”, resume Fernando.

ESPAÇO DA ARTE - O Espaço da Arte é uma associação sem fins lucrativos, fundada por Fernando Tepasse em março de 2004, na cidade de Bom Princípio. Tem como missão utilizar a arte-educação como instrumento de socialização, desenvolvimento humano e artístico, realizar projetos e ações em saúde e assistência social através da arte, criar e produzir espetáculos e eventos culturais. Já atuou em 36 cidades do RS, com oficinas de teatro e dança, para mais de 9 mil alunos, desde sua fundação. Hoje está presente em 14 municípios gaúchos, em Porto Alegre, região metropolitana, Vales do Caí, Sinos, Taquari e Serra, contando com mais de mil alunos e atuando de maneira descentralizada, em parceria com prefeituras, entidades, organizações e iniciativa privada. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário