segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Semana de muito teatro em Estrela. Mostra do Espaço da Arte será dias 24 e 25 de outubro, na SOGES



 A próxima semana será de muito teatro em Estrela. Os alunos das unidades do Espaço da Arte da cidade, que têm aulas na Casa de Cultura e no Colégio Santo Antônio, prometem dar show na sua Mostra de Teatro, que vai acontecer dias 24 e 25 de outubro, às 20 horas, na SOGES. A programação vai contar com sete peças teatrais, encenadas por um total de 123 estudantes de escolas públicas e particulares de Estrela e região.
A primeira noite terá quatro espetáculos: “A professora não veio”, do grupo Junto & Misturado, “O Caderno”, do grupo CSArte,  “O Provão”, do TudoJunto, e “40 segundos”, do grupo O Espanto XI. Na terça-feira sobem ao palco os grupos C&C, com “Excessos e Faltas”, D’Tudo 1Poko, com “Ed Mort” e Go.Star, com “Clownperativa 4”
Os ingressos podem ser adquiridos com os alunos ou na hora, no valor de R$10,00. Para a realização deste evento, o Espaço da Arte tem o apoio do Núcleo Cultural de Estrela, Secultur (Secretaria de Cultura e Turismo), Colégio Santo Antônio e SOGES. O professor responsável pelas aulas na Casa de Cultura é Fernando Tepasse. No Colégio Santo Antônio a professora é Daiane Cardoso, que conta com o apoio da monitora Daniele Werle.
O Espaço da Arte atua em Estrela há 11 anos e a expectativa para a Mostra é de casa cheia. “Ano passado quase 600 pessoas estavam presentes e esperamos que este ano este número aumente. Para isso, contamos com a presença de toda a comunidade”, comenta Fernando.  Ele adianta uma novidade: “Vamos promover um grande intercâmbio entre os alunos do Espaço da Arte de diferentes cidades e a primeira experiência será em Estrela, que receberá a visita dos alunos de Bom Retiro do Sul e Farroupilha para assistir às duas sessões da Mostra”. O objetivo também é proporcionar que os alunos tenham novas experiências teatrais e aprendam com os colegas. Em novembro os alunos de Estrela viajarão a Farroupilha para assistir à Mostra de Teatro dessa unidade do Espaço da Arte.

Peças teatrais

As crianças do grupo Junto & Misturado irão apresentar “A professora não veio”, que começa quando, cansados e com sono, os alunos chegam à escola, imaginando que seria mais um dia normal de aula. Contudo, a professora não aparece. Nesse momento a energia volta e a aventura começa. Esta peça, criada a partir de improvisações, brinca com a possibilidade dos alunos estarem sozinhos em sala de aula. O que eles fariam? E se de repente a professora chegasse? 
A peça “O Caderno”, do grupo CSArte, é inspirada na música homônima de Toquinho. Esta comédia é ambientada na casa de uma família padrão, onde as relações e conflitos são expostos com naturalidade. Durante um almoço, a grande questão é a importância do estudo. O pano de fundo desta história, porém é a valorização daqueles que, como os cadernos usados, guardam inúmeras sabedorias e que jamais devem ser esquecidos num canto qualquer.
“O provão”, do grupo TudoJunto nos remete a uma sala de aula, onde os alunos chegam para a última prova do ano, aquela que irá definir o futuro de cada um: se forem bem estarão passados, caso contrário só o destino poderá ajudá-los. Mostrando as “tribos” distintas que habitam um espaço escolar e suas “aventuras”, a peça irá discorrer sobre esse universo de bagunça, “cola”, angústia, sacanagens, apreensão e solidariedade. Mas quem irá se dar bem? Só o final da história que nos dirá.
O grupo O Espanto XI irá reapresentar “40 segundos”, porém a montagem contará com mudanças significativas no roteiro, depois de um ano de ensaios, apresentações em Estrela, Porto Alegre, Lajeado e Bom Princípio e participações nos Festivais de Teatro de Arroio dos Ratos (Festicarbo) e Novo Hamburgo, recebendo nesse último cinco prêmios na categoria estudantil/escolas: Melhor Texto inédito, Diretor, Atriz coadjuvante, para Maria Eduarda Sulzbach, e Melhor espetáculo. “Estamos ansiosos para mostrar ao nosso público a evolução de um trabalho continuado e comprometido dos alunos”, enfatiza o diretor, Fernando Tepasse. De forma realista, a obra mostra vários tipos de agressões e foca no bullying virtual, que acontece quando um vídeo é publicado na internet e acaba com a alegria e a paz de uma garota, além de destruir seus sonhos. 
Excessos e Faltas”, do grupo C&C foi criada a partir de discussões, desabafos e pesquisas realizadas pelo grupo sobre as relações entre pais e filhos. Na ótica dos adolescentes, a obra contesta os exageros e as falhas dos pais na busca pela boa educação dos filhos. 
O grupo D’Tudo 1 Poko vai apresentar a história de Ed Mort. O personagem do livro homônimo de Luis Fernando Veríssimo é contratado para solucionar um mistério: o desaparecimento de Bel. Mesmo com muitas dificuldades, ele não se deixa abalar, pois está acostumado a tentar desvendar casos impossíveis.
Criada por Fernando Tepasse e pelo grupo Go.Star, “Clownperativa 4” é a última versão da peça que estreou em 2015, cujo foco foi mostrar de forma lúdica o que é uma cooperativa. Nesta nova obra, deixa-se de lado o didatismo e foca-se na verdadeira missão do “palhaço”. A história mostra o momento em que um grupo de artistas anônimos em crise se encontra para discutir sobre seus problemas e, a partir de algumas ações inesperadas, redescobre a essência do que é ser um “clown”. Assim, decidem ir “para rua” a fim de experimentar uma das ações que acreditam resgatar esse poder artístico que possuem. Será que ela realmente irá trazer de volta a alegria e a magia dos palhaços?


Nenhum comentário:

Postar um comentário